Compositor/Violonista – Composer/Classical Guitarist

Não categorizado

Entrevista com o compositor Rodolfo Caesar

Longa entrevista que realizei com o compositor e professor/pequisador da UFRJ Rodolfo Caesar sobre seu primeiro contato com a música e a composição, sua experiência no GRM de Paris no início da década de 1970, sua relação com Pierre Schaefer, Bernard Parmegiani, a gênese da músicaeletroacústica francesa (a música concreta), sua visão sobre o processo composicional na música eletroacústica, o problema da forma na música contemporânea e os sentidos de se fazer música de concerto hoje.

Entrevista cedida em Junho de 2016 Santa Teresa, Rio de Janeiro – RJ

Em duas partes.


Entrevista com a compositora Tatiana Catanzaro

Como parte da minha pesquisa sobre forma no processo composicional, entrevistei a compositora e professora da UNB Tatiana Catanzaro.

Numa longa entrevista, a compositora fala do início do seu contato com a música, as primeiras experiências composicionais na ECA-USP, seus estudos e produção na França, o processo de composicional de algumas de suas obras e sobre os sentidos de se compor música de concerto no mundo contemporâneo.

A entrevista está disponível em vídeo e áudio apenas, logo abaixo:

Áudio:

https://hearthis.at/jorge-l-santos/entrevista-tatiana-18102016/


Imagem

Mapa Mental: Tipos de Espaço segundo Pierre Boulez

Espaço-tempo segundo Pierre Boulez


‘Uma Noite no Rio – Momentos Milan’ para violão com Bruno Ferrão – Audio e Vídeo

Em maio e agosto de 2017, tive o prazer de participar de dois concertos do Projeto Baixo Clero: Compositores com o jovem violonista Bruno Ferrão. Bruno estreiou minha peça “Uma noite no Rio: 3 Vihuelistas na Lapa – Momentos Milan”. Trata-se de um working in progress que deverá ter mais duas partes “Momentos Mudarra” e “Momentos Narvaez”.
A partir de fragmentos de obras de vihuelistas do renascimento Ibérico, a obra une a descontinuidade formal proposta pela forma momento (ideia do compositor Stockhausen) à fantasiosa imagem desses compositores vagando pelas ruas da Lapa. No “Momentos Milan”, os fragmentos iniciais são descontruídos livremente, ao mesmo tempo que sofrem interverências peculiares da paisagem sonora da Lapa.

Abaixo dois momentos desses concertos, o primeiro um audio da estreia, realizada em Nova Friburgo/RJ e o segundo, um vídeo, no concerto II em Itaperuna/RJ.

 

NOVA FRIBURGO – MAIO 2017

 

ITAPERUNA – AGOSTO 2017


Projeto Baixo Clero convida Bruno Ferrão – Concerto II – Itaperuna/RJ

Prezados,

Na próxima sexta dia 11.08.2017 as 20h teremos o concerto II do Projeto Baixo Clero convida Bruno Ferrão. Essa apresentação será na cidade de Itaperuna, no norte fluminense. O concerto contará com a participação especialíssima da jovem camerata opus 21 dirigida pelo baixo clerista André Codeço.

Eis o link para o evento no Facebook: http://bit.ly/2vo6FJE

Nossa fanpage: https://www.facebook.com/projetobaixoclerocompositores/

projfase3_email


Breve pausa na “aposentadoria”: Concerto no Sesc Santos – Duo com Canto

Uma breve pausa na “aposentadoria” para participar desse ótimo evento no SESC SANTOS a convite da cantora Daniela Amaral que faz a curadoria dessa mostra dedica a formação voz e violão chamada Trama das Cordas (ótimo nome aliás – cordas do violão e, como é conhecida popularmente, cordas vocais)

FireShot Capture 37 - Duo Mandacaru - Música - Santos - Prog_ - https___www.sescsp.org.br_programa

Irei realizar o concerto acompanhando a cantora Andreia Lira num novo trabalho chamado Duo Mandacaru. A ideia é utilizar essa formação tão universal para transitar por estilos, gêneros e épocas apontando os elementos que os unem e os separam. O repertório vai desde música popular como choros clássicos (Pixinguinha, Jacob do Bandolim e Waldir Azevedo), passando pela Bossa Nova (Tom Jobim, Vinicius e Baden Powell), o cancioneiro ibérico antigo (canção serafaradita, Luys Milan), nacionalistas brasileiros como Villa-Lobos e Waldemar Henrique até peças contemporaneas minha e de Alexandre Schubert.

Quem estiver pela área de Santos é só aparecer. É gratuito.

info: https://www.sescsp.org.br/programacao/123508_DUO+MANDACARU#/content=saiba-mais

 


Projeto Baixo Clero Compositores convida Bruno Ferrão (violão)

O Projeto Baixo Clero – compositores está de volta!

Nesta série convidamos o  jovem e premiado violonista Bruno Ferrão para uma série de concertos. O primeiro será na Casa da Música em Nova Friburgo dentro da Semana Acadêmica da Escola Superior de Música da Universidade Cândido Mendes em Nova Friburgo.

 

Projeto BC convida Bruno Ferrao flyer01

Programa
Fábio Monteiro de Souza
Peça sem título
Chacona 1 para violão

André Codeço
Dissonoramas nº. 3
I.Quasifugato
II. Pequena
III. Lamento

Jorge L. Santos
Uma noite no Rio: 3 vihuelistas na Lapa
I-MI
Milan I
Milan II
Milan III

Além de obras de H. Villa Lobos , Paulo Bellinati

projetobc.com


4 DICAS SOBRE COMO ESTUDAR VIOLÃO NO DIA A DIA: Dica 2 – Estude Lento

Uma das perguntas mais frequentes de quem começa a estudar um instrumento é: “quantas horas devo praticar por dia?”. De fato, para obter resultados mais avançados um certo número de horas diárias é importantíssimo. Todavia, mais do que quantidade, a qualidade deve ser o aspecto mais observado por quem deseja progredir no aprendizado do violão ou de qualquer outro instrumento.

Abaixo publico a 2a dica bem curta e direta sobre o estudo do violão no cotidiano.

2 – Estude lentamente

7a216c9375647c0c3ed3915bac8f9bf5

Soa chatice de professor. Eu mesmo ainda lembro o quanto ouvi isso no começo dos meus estudos de violão e o quanto dei de ombros, achando que era só excesso de prudência dos professores. Já que eu queria tocar rápido aquelas escalas e arpejos impressionantes, deveria pratica-las em velocidade, afinal, qual o sentido de ficar tocando lentamente?! Acredite, não existe domínio de velocidade sem controle. Existia uma propaganda de pneus que dizia “potência não é nada sem controle”. Eu diria, em relação à técnica instrumental, “velocidade não é nada sem controle”. Estude lento sempre, mesmo quando achar que já domina a música ou a passagem difícil. Não apenas escalas e arpejos, mas tudo, mudança de posição, saltos, coordenação das mãos, fraseado, etc. É isso que vai te permitir progressivamente atingir velocidade com consistência.


4 DICAS SOBRE COMO ESTUDAR VIOLÃO NO DIA A DIA: Dica 1 – Atenção

 

 Uma das perguntas mais frequentes de quem começa a estudar um instrumento é: “quantas horas devo praticar por dia?”. De fato, para obter resultados mais avançados um certo número de horas diárias é importantíssimo. Todavia, mais do que quantidade, a qualidade deve ser o aspecto mais observado por quem deseja progredir no aprendizado do violão ou de qualquer outro instrumento.

Para aqueles que têm pouco tempo, um estudo racionalizado e focado, pouco importando o nível em que se está (se iniciante, intermediário, avançado ou profissional), é uma das chaves para o domínio tanto técnico quanto musical.

Abaixo publicarei a 1a dica bem curta e direta sobre o estudo do violão (mas vale para muitas outras coisas) no cotidiano.

1–Atenção:

126286-125159

Parece bobagem, mas como a prática diária é comumente baseada na repetição de trechos, escalas, gestos, etc., é normal, quando assim procedemos, entrarmos em uma espécie de “transe” e repetir mecanicamente aquela passagem que consideramos mais difícil, achando que assim iremos superá-la. Um dos efeitos colaterais desse processo é estudarmos o “erro”, repetindo-o, sem perceber, dezenas de vezes aquele padrão errôneo. Nosso cérebro não faz distinção automática entre erro e acerto. Se sua atenção não estiver no comando, ele aprenderá tudo, incluindo aquilo que você não gostaria de aprender.

Independente da quantidade de horas que você disponha por dia e/ou ao longo da semana, um estudo com qualidade pode permitir progressos mais significativos do que horas a fio sem a devida atenção.


Videoclipe: Por que sou forte (Jorge L Santos) – Cd Quebra o coco – Andreia Lira

[English Below] Prezados,

 Apresento-lhes o videoclipe “Por que sou forte”, música minha, Jorge L. Santos,  com texto da poetisa do século XIX Narcisa Amália, considerada a primeira jornalista do Brasil.
A música é parte do  Cd Quebra o Coco  da cantora Andreia Lira.
O vídeo busca metaforicamente contar a história da Narcisa, uma ~feminista~ avant la lettre, por meio de 3 mulheres em diferentes fases da vida ao mesmo tempo que homenageia mulheres brasileiras ou não quesempre se mostram “forte para a luta”
Ficaríamos imensamente feliz se você pudesse tomar um pouquinho do seu tempo para assistir esse trabalho. 

Dear friends,

I come here, with great joy,  to share with you all the video clip  “Por que sou forte” (Why I am strong), music by myself, Jorge L. Santos, and text by the Brazilian 19th Century poetess Narcisa Amália, considered as the 1st female journalist in Brazil.
The song is part of  Cd Quebra o Coco just released by the Brazilian singer Andreia Lira.
The video aims to tell, metaphorically,  the story  of Narcisa, a ~feminist~ avant la lettre, throughout images of 3 women in different phases of their lives as well as pay tribute to women in history who were also “strong for the struggle”
We would be very happy if you take a bit of your time to watch.


[video]: Comunicação no II Seminário de Pesquisa em Artes na UFJF

Prezados,

Abaixo segue o vídeo da minha comunicação intitulada “Uma tipologia do espaço sonoro segundo Pierre Boulez” apresentada no II Seminário de Pesquisas em Artes, Cultura e Linguagens (SPACL) na Universidade Federal de Juiz de Fora. Deixo também o resumo da palestra.


Video: Haptico I (Quinteto de Metais) no XIII ENCUN 2015

Prezados amigos e visitantes,

Abaixo, o vídeo da minha peça “Haptico I” para Quinteto de Metais apresentada no dia 30.11.2015 no 13˚ ENCUN (Encontro Nacional de Compositores Universitários) em Campinas-SP, do qual o Projeto BC participou em parceria com o Quinteto de Metais Vibrassom, de São Paulo.

A peça é uma adaptação do 1˚ movimento do Ciclo Hapticos escrito originalmente para Quinteto de Sopros. A versão original de Haptico I, infelizmente, ainda não foi estreada. Ver versão Haptico II e III aqui

Agradeço aqueles que assistirem/ouvirem/compartilharem.


Congresso SBCM 2015 – Poster

Essa semana, de 23 a 25 de novembro, estarei participando do XV Congresso da Sociedade Brasileira Computação Musical que ocorrerá na UNICAMP, em Campinas. Tive um poster aprovado, junto com o pesquisador do NICS-UNICAMP, José Fornari, sobre minha primeira experiência composicional com Live Electronics, por meio de softwares livres, associada a um estudo exploratório do gesto musical. Abaixo a imagem do poster na sessão do evento.  O artigo, também, em inglês, em breve estará diponível.

foto poster sbc 2015


Foto: Participação no Show de Lançamento CD Quebra o Coco em Juiz de Fora – 08.10

Prezados,

Abaixo foto da minha participação musical no lindo show de lançamento  do CD “Quebra o coco” da cantora Andreia Lira na cidade de Juiz de Fora/MG. Também participei fazendo pequenos comentários sobre o repertório durante a apresentação visto que ajudei na direção musical do CD.

Para aqueles que desejam adquirir o CD, no formato físico, basta entrar em contato pelo site, no formato digital em todas as plataformas, basta clicar aqui: https://goo.gl/9OWpB7

lancamento andreia jf #03 jf


Video: Suite Recife para quarteto de saxofones – Jorge L. Santos – Recital de Mestrado (UFRJ)

Seguindo as postagens dos vídeos do meu recital de formatura, agora o quarteto de saxofones, Suíte Recife.

A paisagem musical urbana de Recife mistura, da periferia aos bairros nobres, tradição e invenção de modos diversos e difusos. Em vias distintas, frevo, brega e mangue hoje se encontram na encruzilhada do carnaval e representam bem esse universo sonoro atual. A partir de pequenos excertos de um frevo tradicional, duas canções de Reginaldo Rossi e duas de Chico Science, Suíte Recife reinventa essa paisagem sob o olhar ao mesmo tempo distante e íntimo.

The urban landscape of Recife mixes, from suburban areas to noble neighborhoods, tradition and invention in a variety of approaches and styles. On the different paths, Frevo, Brega and Mangue (beat) meet each other on the crossroad of Recife’s carnival and represent well the actual popular sounding universe. From small (4 notes each) excerpts from a famous “frevo” (Vasssourinhas), from 2 songs of the most popular singer and songwriter of Brega style (Reginaldo Rossi) and from a small “riff” of a Chico Science‘s song, Suite Recife recreates that landscape under a very personal and both intime and apart regard.


Video: Sem Título para piano e flauta – Jorge L. Santos – Recital de Mestrado

Caros,

Irei iniciar postagens dos vídeo e audios do meu recital de mestrado em composição musical pela UFRJ. Todos os vídeos já estão disponíveis na seção https://jorgelsantos.com/composicao/videos-composition/

“Sem Título” para piano e flauta  é uma tentativa de uma composição serial dodecafônica. A série construída a partir de um sequência de alturas  e de ritmo (extraídas separadamente) de uma obra de Pierre Boulez, na verdade, serviu apenas como guia geral, sendo desfeita ao invés de mantida ao longo da obra que tem sua formação instrumental inspirada na célebre “Sonatine” do compositor francês.


Video: Projeto Baixo Clero no programa ANTENA MEC FM – RADIO MEC

Projeto Baixo Clero: Compositores

Entrevista no programa Antena MEC FM da RADIO MEC sobre o Projeto Baixo Clero convida Duo Santoro, em outubro de 2014.

Ver o post original


Foto: Recital da minha classe de Prática Instrumental – RCC 2014.2 – UFRJ

Recital da minha classe de Pratica Instrumental 2014.2 que reúne diversos alunos do bacharelado em violão. Tivemos ainda a participação especial da mezzo-soprano Beatriz Simões que tem um duo com Bruno Ferrão, um dos alunos da turma.

Esse semestre, fizemos um trabalho bastante dinâmico que inclui além das peformances semanais, nas quais os alunos praticam o repertório que já possuem ou que estão estudando, a continuação da discussão sobre planejamento de estudos, que se mostrou muito eficaz no semestre passado, a discussão sobre algumas abordagens de estudo de técnica, os seminários apresentados por cada aluno com temas ligados ao violão e performance escolhidos por eles, o trabalho e escrito e esse recital final.

Fica o meu agradecimento aos alunos pela confiança e o desejo de sucesso no restante da caminhada.

P1050814


Videoclipe: Recital de Mestrado em Composição/UFRJ

Prezados,

Primeiro vídeo que coloco aqui é um Vídeo-clip com um pouco de cada obra minha apresentada no meu recital de mestrado em composição na UFRJ, dia 06.06.2014.

Musicians:
Flute: Felipe Marateo
Piano: Gustavo Ballesteros

*Quarteto de Saxofones 4x 4
soprano: Thiago Martins
alto: Marco Saldanha
tenor: Felipe Amorim
baritone: Liana Magalhães
*Guitar Duo
Guitars: Bruno Ferrão & Jorge L. Santos

*String Quartet
Violin 1: Angelo Martins
Violin 2: Desyree Mayr
Viola: Samuel Passos
Cello: M Stroher

*Duo Flute & Guitar
Flute: Timóteo Pereira
Guitar: Bruno Ferrão

Wind Quintet: Quinteto Brincadeira a Cinco
Flute: Felipe Marateo
Oboe: Leandro Finotti
Clarinet: Gabriel Peter
Horn: Isaque de Almeida
Basson: Jeferson Souza


Foto: Recital de violão da UFRJ – Classes Jorge L. Santos e do Prof. Ivan Paparguerius

Foto após o recital de fim de ano dos alunos violão da UFRJ da minha classe (Bruno Ferrão, João Gabriel e Vicente Miranda) e da Classe do Prof. Ivan Paparguerius (Pedro Bicaco e Claudio Pereira). A garotada cresceu muito e certamente promete grandes conquistas nos anos vindouros. Feliz de ajudar um pouquinho nesse caminho que só se inicia.

Esq p dir: Ivan, Pedro, Claudio, João, Bruno e Jorge

Esq p dir: Ivan, Pedro, Claudio, João, Bruno e Jorge


Imagem

Participação do Grupo MusMat no III SIMPOM

Grupo de Pesquisa MusMat

O Grupo de Pesquisa MusMat participou do III SIMPOM – Simpósio Brasileiro de Pós-Graduandos em Música, realizado na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – UNIRIO, com dois trabalhos: Aspectos texturais da Sonatine pour flute et piano de Pierre Boulez , de Jorge Santos; e Metodologias empregadas na análise estrutural da Sonata para Violino e Piano op. 14 em lá maior de Leopoldo Miguéz.

O SIMPOM, em sua terceira edição, é um evento de âmbito nacional que reune pesquisadores de diversas áreas e convidados internacionais.  Mais informações em http://www4.unirio.br/simpom/

Participation of MusMat Research Group in III SIMPOM

The MusMat Research Group had two works in III SIMPOM – Brazilian Simposium of Post-Graduation in Music, promoted by Federal University of Rio de Janeiro – UNIRIO: Textural aspects of Pierre Boulez’s Sonatine pour flute et piano, by Jorge Santos; and Methodologies applied in Leopoldo Miguéz’s structural analysis of Sonata for Violin and Piano op. 14 in A major. 

SIMPOM, in its third edition, is an national…

Ver o post original 14 mais palavras


Video: “Na minha lembrança…” pra dois violoncelos – Projeto Baixo Clero convida Duo Santoro

Prezados

Abaixo, o video da minha peça “Na minha lembrança, ela voa” em dois curtos movimentos (I. Lamento e II. Voo acrobático) para duo de violoncelos dentro do Projeto Baixo Clero convida Duo Santoro. A obra é dedicada à memória da jovem artista Diana Rosa, falecida – enquanto dormia – em maio último, pouco depois de completar 27 anos, . 

Peça inclui procedimentos de colagem, justaposição e variação progressiva ao confrontar duas obras referenciais para violoncelo: Sonata de Gyorgy Ligeti e o Prelúdio da suite 6 de cello de Bach. Ambas servem como convergência para o surgimento da peça.

A interpretação sempre expressiva do  Duo Santoro.


Audio: “Na minha lembrança, ela voa” de Jorge L. Santos – Duo Santoro (violoncelos)

Projeto Baixo Clero: Compositores

Prezados amigos,

O terceiro audio do concerto Projeto Baixo Clero convida Duo Santoro é da obra “Na minha lembrança, ela voa” de Jorge L. Santos interpretada pelo renomado Duo.

A música é uma singela homenagem à jovem artista Diana Rosa que nos deixou em maio último aos 27 anos recém completados. Primeiro o “Lamento” (1˚ mov) , um choro distante que se torna um prelúdio escuro e gris, e em seguida o que fica, ao menos para mim, a última imagem, o “Voo acrobático (2˚ mov.)” que Diana realizava tão bem, com a mesma delicadeza com que passou pelo mundo.

Diana Rosa na acrobacia área  Diana Rosa na acrobacia área

Ver o post original


Foto: Baixo Clero e Duo Santoro após concerto na OAB/RJ – 21.10.2014

Projeto Baixo Clero: Compositores

Baixo Clero com Duo Santoro após concerto na OAB/RJ dia 21.10.2014 Baixo Clero com Duo Santoro após concerto na OAB/RJ dia 21.10.2014

Ver o post original