Compositor/Violonista – Composer/Classical Guitarist

Posts com tag “violão

4 DICAS SOBRE COMO ESTUDAR VIOLÃO NO DIA A DIA: Dica 2 – Estude Lento

Uma das perguntas mais frequentes de quem começa a estudar um instrumento é: “quantas horas devo praticar por dia?”. De fato, para obter resultados mais avançados um certo número de horas diárias é importantíssimo. Todavia, mais do que quantidade, a qualidade deve ser o aspecto mais observado por quem deseja progredir no aprendizado do violão ou de qualquer outro instrumento.

Abaixo publico a 2a dica bem curta e direta sobre o estudo do violão no cotidiano.

2 – Estude lentamente

7a216c9375647c0c3ed3915bac8f9bf5

Soa chatice de professor. Eu mesmo ainda lembro o quanto ouvi isso no começo dos meus estudos de violão e o quanto dei de ombros, achando que era só excesso de prudência dos professores. Já que eu queria tocar rápido aquelas escalas e arpejos impressionantes, deveria pratica-las em velocidade, afinal, qual o sentido de ficar tocando lentamente?! Acredite, não existe domínio de velocidade sem controle. Existia uma propaganda de pneus que dizia “potência não é nada sem controle”. Eu diria, em relação à técnica instrumental, “velocidade não é nada sem controle”. Estude lento sempre, mesmo quando achar que já domina a música ou a passagem difícil. Não apenas escalas e arpejos, mas tudo, mudança de posição, saltos, coordenação das mãos, fraseado, etc. É isso que vai te permitir progressivamente atingir velocidade com consistência.

Anúncios

4 DICAS SOBRE COMO ESTUDAR VIOLÃO NO DIA A DIA: Dica 1 – Atenção

 

 Uma das perguntas mais frequentes de quem começa a estudar um instrumento é: “quantas horas devo praticar por dia?”. De fato, para obter resultados mais avançados um certo número de horas diárias é importantíssimo. Todavia, mais do que quantidade, a qualidade deve ser o aspecto mais observado por quem deseja progredir no aprendizado do violão ou de qualquer outro instrumento.

Para aqueles que têm pouco tempo, um estudo racionalizado e focado, pouco importando o nível em que se está (se iniciante, intermediário, avançado ou profissional), é uma das chaves para o domínio tanto técnico quanto musical.

Abaixo publicarei a 1a dica bem curta e direta sobre o estudo do violão (mas vale para muitas outras coisas) no cotidiano.

1–Atenção:

126286-125159

Parece bobagem, mas como a prática diária é comumente baseada na repetição de trechos, escalas, gestos, etc., é normal, quando assim procedemos, entrarmos em uma espécie de “transe” e repetir mecanicamente aquela passagem que consideramos mais difícil, achando que assim iremos superá-la. Um dos efeitos colaterais desse processo é estudarmos o “erro”, repetindo-o, sem perceber, dezenas de vezes aquele padrão errôneo. Nosso cérebro não faz distinção automática entre erro e acerto. Se sua atenção não estiver no comando, ele aprenderá tudo, incluindo aquilo que você não gostaria de aprender.

Independente da quantidade de horas que você disponha por dia e/ou ao longo da semana, um estudo com qualidade pode permitir progressos mais significativos do que horas a fio sem a devida atenção.


Gest’Ação I – para violão/guitar e/and live electronics – Live @UNICAMP

Prezados,

Abaixo vídeo da estreia da minha peça “Gest’Ação I para violão e live electronic. Essa foi minha primeira experiência com música eletroacústica e é fruto do trabalho desenvolvido numa disciplina ( Seminários Experimental “Software e Hardware Livres de Música”) na Pós-Graduação em Música da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).

O processo de composição envolveu, grosso modo, um mapeamento de gestos ligados ao violão e do outro a construção de patch no ambiente de programação Pure Data com vista à transformação em tempo real do som do violão. A partitura foi escrita tendo em conta esses dois processos.

Dear visitant,

Here below you can watch the premiere of my piece “Gest’Ação I for guitar and live electronics”. It was my first experience with electronic music and its the outcome of a work developed in a class of Graduate Department of Music of State University of Campinas (UNICAMP). Basically, I worked with a classical gesture set and the development of a ~patch~ for Pure Data programming software aiming to process the sound of the guitar, from the written score, in real time.